quinta-feira, 31 de maio de 2012

Reflexão

Uma senhora, conversando com sua vizinha, uma mulher dedicada a Deus e à oração, reclamou o fato de Deus não atender às suas súplicas. "Eu procuro, às vezes, falar com Deus. Conto-Lhe sobre minhas angústias e a frustração pelas respostas que nunca chegam". A vizinha, falou algo bem baixo e a mulher não entendeu. "O que a senhora disse?" A vizinha repetiu mas a mulher também não conseguiu ouvir o que dizia. Resolveu sair de seu portão e aproximar-se do portão dela e, então, pôde compreender o que havia falado duas vezes: "Deus fala claramente, mas só podemos ouvi-Lo bem se estivermos bem próximos a Ele". Muitas vezes nós buscamos as bênçãos de Deus apenas quando sentimos necessidade de alguma coisa. Queremos um bom emprego, queremos pagar nossas contas atrasadas, queremos uma vaga na melhor universidade, queremos uma casa mais ampla e confortável, queremos trocar de carro, queremos a cura de uma enfermidade, queremos achar a pessoa certa para uma vida a dois. Queremos o melhor e sabemos que o melhor vem de Deus. Pedimos e pedimos e a resposta nunca vem! Mas será que não vem mesmo? Ou será que Deus fala e não escutamos? O problema é que fazemos a relação de nossos pedidos e não nos aproximamos Dele para ouvir as respostas. Só queremos as bênçãos mas não queremos o Abençoador! Queremos que Ele venha a nós mas não queremos ir a Ele! Quando caminhamos junto a Cristo, as angústias desaparecem, as tensões nos abandonam, ouvimos Sua voz e alegramo-nos com Suas respostas, quer sejam "sim" quer sejam "não". A grande bênção consiste, exatamente, em andar na Sua presença. Ele nos dirige para o que é melhor, mesmo antes de fazermos a nossa relação de pedidos. Você tem ido ao Senhor? Tem estado bem pertinho Dele?

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Reflexão

"Sem muita oração e lágrimas não há avivamento"

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.

Deus precisa de tempo para responder a orações. Muitas vezes falhamos em dar oportunidade a Deus a este respeito. Leva tempo para Deus colorir uma rosa. Leva tempo para Ele formar um carvalho. Leva tempo para Deus tornar em pão um trigal. Ele toma a terra. Ele a amolece. Ele a enriquece. Ele a umedece com chuvas e orvalho. Ele a aquece com vida. Ele dá a lâmina, a haste, o grão dourado, e então, por fim, o pão para o faminto. Tudo isto leva tempo. Por isso nós semeamos, cultivamos, e esperamos, e confiamos, até que seja cumprido o propósito de Deus. Estamos dando uma oportunidade a Ele. A mesma lição se aplica à nossa vida de oração. Deus precisa de tempo para responder à oração.

sábado, 19 de maio de 2012

Atenda ao clamor daqueles que estão a um passo do tormento eterno

Tem misericórdia de mim! E não desista de interceder e jejuar por minha salvação, assim como você que não entendia o evangelho eu não entendo e estou andando em passos largos para o inferno onde o bicho nunca morre o fogo nunca se apaga, e onde há choro e ranger de dentes, o tempo do inferno é de eternidade a eternidade, por favor, não me deixe ir para o inferno, se existe amor em você, por favor, continue intercedendo e jejuando por mim, me ajude, me socorra, os que entram no inferno não mais sairão de lá, sua intercessão me da esperança seu jejum me da novas oportunidades de ser salvo, conto contigo, poucos na terra assumem e continuam a ser fiéis a esse compromisso de orar e jejuar pelas salvação das Almas Perdidas.

Ass: Alma Perdida


Reflexão

"Ore até alguma coisa acontecer"

quinta-feira, 17 de maio de 2012

"Novo combate em oração do grupo de Intercessão pela salvação das ALMAS""

Estamos em Campanha: 
"Senhor livra as ALMAS do tormento eterno''

Texto base da campanha: E salvai alguns com temor, arrebatando-os do fogo; Judas 1:23a.

São 30 minutos no mínimo de Intercessão durante 70 dias consecutivos e Jejum prolongado Segunda, Quarta e Sexta.



Você ama o seu próximo? Sim?! que bom então mostre seu amor em obras, esteja conosco nesta nova batalha em oração e jejum pela salvação dos perdidos, entre no grupo de intercessão. Entrando em contato conosco pelo e-mail grupodeintercessores@hotmail.com e lhes enviaremos informações, para você fazer parte deste exército.


Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade. 
1 João 3:18

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Mateus 7:7


Estava um pastor cruzando uma enorme ponte. No início dessa ponte, viu um mendigo, um senhor, muito velho, pedindo esmolas. Ele suplicava, pedia, gritava, só faltava agarrar nas pessoas... Ele demonstrava que realmente precisava daquela ajuda, então as pessoas iam depositando moedas em seu chapéu. Mas isso não chamou atenção do pastor. O que chamou atenção foi logo do outro lado da ponte, no final dela. Um homem como aquele que estava no inicio da ponte, sentando, com seu chapéu, parecia até que tinham combinado. Havia apenas uma e significativa diferença... este homem não pedia, não suplicava, ele havia colocado apenas um recado em um papelão e encostado ao lado do chapéu: "ME AJUDEM". Nenhuma moeda havia sido depositada!!! A partir daí dá pra sentir a diferença. Quando suplicamos a Deus, demonstramos que realmente aquela ajuda nos fará diferença, ele nos abençoa!!!

domingo, 13 de maio de 2012

Hoje Ore e Jejue pela igreja perseguida!


Homem se converte ao cristianismo e perde a guarda dos filhos


Em um país africano um casal se converteu ao cristianismo e perdeu a guarda dos filhos, pois o avô, ao perceber que as crianças estavam sendo ensinadas sobre a Bíblia, resolveu tirá-los do convívio com os pais.
“Quando você morrer”, disse o pai muçulmano para o filho cristão, “eu não vou ao seu funeral. Pra mim você já está morto e não é mais meu filho”.

Beniam vive em uma região de maioria muçulmana no Chifre da África e um belo dia seu pai chegou justamente na hora que um de seus filhos estava estudando a Bíblia. “Meu pai viu meu filho ler minha Bíblia e perguntou pra ele o que era. Meu filho lhe respondeu dizendo que era a Bíblia e ele ficou muito nervoso”, conta.

Desde então Beniam não vê seus filhos, pois o seu pai enfurecido levou as crianças dizendo que não deseja que seus netos sejam criados por infiéis. “Eu sei qual é a verdade e uma vez que conhece a verdade, não pode mais voltar atrás. Eu e minha esposa temos decidido seguir o caminho de Jesus e nossos filhos vão voltar”, disse ele.

Mesmo sofrendo sem poder ter contato com os filhos, Beniam segue evangelizando seus conhecidos. “Apesar de ele ter levado meus filhos, e ainda dizendo que estou morto para ele, não vou deixar de falar da salvação de Jesus. Continuo repartindo a Bíblia para aqueles que querem conhecer a verdade”.

Muitos estão aceitando a pregação de Benian que agora tem reunido um grupo de pessoas em sua casa para ensinar as Sagradas Escrituras uma vez por semana. “Sempre que temos uma pergunta abrimos a Bíblia e encontramos a resposta”, disse o homem que está com muitas saudades de seus filhos e ora para que seus pais encontrem a Cristo.


terça-feira, 8 de maio de 2012

Reflexão

“Se eu orar sem receber a resposta, eu começo a mudar. Por que? Porque alguma coisa terá que ser mudada antes de poder vir a resposta, e não é Deus quem será mudado, porque Ele é imutável.”

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Reflexão

Um avivamento pode produzir barulho, mas não é nisso que ele consiste. O fator essencial
é a obediência de todo o coração.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Reflexão

"A oração é uma via de mão dupla!

terça-feira, 1 de maio de 2012

Interceda pelos cristãos chineses,

Segundo o documento divulgado em setembro passado, o governo planeja usar “medidas humanas da lei de execução” para alcançar a erradicação total de igrejas nos lares. Ou seja, pastores que se negarem a cumprir a lei serão mortos por desobedeceram a lei.

O governo da China está lançando uma campanha de três fases para erradicar todas as igrejas evangélicas do país. Esse foi o teor do comunicado divulgado em abril pela Associação de Ajuda à China, ONG que envia missionários para solo chinês.

A estratégia do governo foi claramente delineada em um documento divulgado em setembro passado, durante uma aula de treinamento gerido pela Administração Estatal para Assuntos Religiosos da China.

De janeiro a junho deste ano, o documento revela que as autoridades locais estão conduzindo uma investigação completa, para listar as igrejas de todo o país que funcionam nas casas chinesas, e fazer dossiês completos sobre cada uma delas.

Na fase dois, nos dois anos seguintes, as autoridades irão encorajar as “igrejas não registradas” para se filiar ao Movimento Patriótico da Tríplice Autonomia, que monitora tudo o que acontece nos templos. A fase três, a ser concluída em até 10 anos, as igrejas que se recusam a seguir as regras seriam fechadas e os líderes condenados.

Os funcionários do governo também devem banir as palavras “igreja nos lares” de todos os relatórios sobre igrejas em sites e outros meios de comunicação. Agora, só podem usar o termo “reuniões em casas”, um termo que remete aos grupos reunidos em sites afiliados ao MPTA.

Em uma pesquisa recente, conduzida em várias províncias chinesas, mais de 95% dos líderes de igrejas caseiras disseram que já sentiram o impacto dessas investigações, enquanto 85% disseram que investigadores já haviam feito um dossiê sobre seu grupo.

“Desde o início de 2012, temos notado um aumento na frequência da perseguição”, disse a Associação de Ajuda à China em um comunicado de imprensa. “Além da perseguição contínua das igrejas em Pequim, o número de casos semelhantes aumentou 20% em comparação ao ano passado e se espalhou para outras áreas, incluindo ações contra educação, publicação e livrarias cristãs.”
A campanha foi lançada em dezembro de 2010 através de um documento intitulado “Operação Repressão”, emitido pelo Comitê Central do Partido Comunista. Esta diretriz pedia às autoridades de todos os níveis para “levar” os cristãos das igrejas nos lares a frequentar somente as igrejas registradas e aprovadas pelo governo e acabar com igrejas grandes que se reúnem também em grupos menores.

A Igreja Shouwang, que reúne mil membros, viu a pressão aumentar muito nos últimos meses. ”No ano passado … a nossa experiência com o Senhor era diferente a cada semana. Foi Sua graça e paz que nos protegeram e nos sustentaram até agora “, declara um líder da igreja
Essa operação também irá registrar todos os pastores, como uma maneira de continuar controlando o crescimento cristão e o surgimento de novas igrejas. Esse processo deverá estar concluído até o final de 2012, segundo um comunicado oficial.

Segundo o documento divulgado em setembro passado, o governo planeja usar “medidas humanas da lei de execução” para alcançar a erradicação total de igrejas nos lares. Ou seja, pastores que se negarem a cumprir a lei serão mortos por desobedeceram a lei.

Traduzido e adaptado de Charisma News
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...