sábado, 25 de fevereiro de 2012

Reflexão

George Muller, o príncipe dos intercessores, era um gigante de Deus. “Quando ele falava” - dizia um amigo – “até o céu ficava em silêncio”.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Igrejas são invadidas no Cazaquistão

Aleksei Asetov foi multado em quase 3300 dólares - um salário médio local estimado para 18 meses de trabalho - porque liderava uma igreja não registrada em sua casa, na região de Pavlodar.
A propriedade foi invadida por dois membros da força policial da região. Eles levaram a literatura cristã que estava na casa de Aleksei.

Em 19 de janeiro, uma queixa foi instaurada contra Aleksei com base na nova legislação que está em vigor no país. Ele foi considerado culpado no dia 8 de fevereiro e acusado de “realizar atividade religiosa proibida”.

Aleksei é o quarto cristão que foi multado segundo os termos da nova Constituição cazaque que foi alterada em outubro de 2011.

Outra igreja no norte do Cazaquistão foi invadida por duas vezes pelo departamento de polícia e por funcionários da Agência de Assuntos Religiosos (ARA). Eles confiscaram livros, DVDs e exemplares do Novo Testamento. Os funcionários da igreja disseram que o templo demorou duas semanas para ser reaberto e voltar a suas atividades normais.

O chefe do departamento policial da região disse que as igrejas estão sendo invadidas porque elas estão “violando a Lei da Religião do país, que proíbe a distribuição de material religioso sem prévia autorização do governo”.

Ore pelos cristãos cazaques e por essa nova constituição que restringe ainda mais a liberdade deles em poder servir a Deus no país. Ore para que Deus dê força e sabedoria para enfrentar essa situação da melhor forma possível.

"Todos os domingos Jejum e Oração pela igreja perseguida"
FonteBarnabas Fund
TraduçãoLucas Gregório

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Reflexão

Oração é a licença terrena para a interferência Divina. Orar é pedir a Deus que realize a sua vontade na terra.

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Reflexão

“Aquele que mais tem feito para Deus neste mundo tem estado de manhã cedo de joelhos. Aquele que desperdiça as primeiras horas do dia, sua oportunidade e frescor em outros assuntos que não seja buscar a Deus, poucos avanços fará em buscá-lo no restante do dia” (E.M. Bounds)

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Reflexão

“A unção não vem pela imposição de mãos de um homem de Deus – ele é apenas um instrumento. A unção só desce sobre quem tem vida de oração e coração quebrantado.”

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Amanhã Jejum e Intercessão pelos cristãos perseguidos!

Dez cristãos são presos em uma igreja doméstica

De acordo com informações, as autoridades das forças de segurança do país estão fazendo investidas contra os cristãos do país, para que o cristianismo pare de crescer dentro do país. O exemplo disso é o caso desses 10 cristãos que foram presos no dia 8 de fevereiro em uma reunião de oração.

Os cristãos estavam reunidos em uma casa para realizar um momento de comunhão e estudo da palavra quando as forças de segurança invadiram o local, prenderam todos que estavam presentes e os encaminharam para uma prisão de posição desconhecida.

As famílias dos cristãos que foram presos estão muito preocupados, pois o governo e as autoridades não revelaram ainda como eles estão e onde eles estariam presos. As autoridades do país se recusam a dar qualquer informação.

Embora não se tenha certeza, um dos cristãos que pode ter sido preso é Mojtaba Hosseini, que já havia sido preso em 11 de maio de 2008 junto com outros 8 cristãos convertidos. As autoridades de segurança, na ocasião, pediram que ele renunciasse sua fé e que colaborasse com o governo, dando informações privilegiadas.

Hoje, as pressões e as medidas de segurança que foram colocadas contra a igreja pelo governo iraniano causou o fechamento de muitas igrejas. Apesar disso, muitas pessoas tem conhecido e aceitado o sacrifício de Jesus e por isso as igrejas domésticas tem aumentando muito no país.
Ore por esses 10 cristãos que foram presos no Irã. Ore para que Deus possa proteger a cada um deles de todo mal e que Deus traga tranquilidade e paz para seus familiares que estão aguardando por informações deles.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Por que devemos orar pelas autoridades? Parte 1.

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens, pelos reis, e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranqüila e sossegada, em toda a piedade e honestidade.
1 Timóteo 2:1-2


1. Orar pelas autoridades é prioridade

Veja só você o que Paulo disse: “antes de tudo” façam-se orações pelos homens, aqueles investidos de autoridade. Mas, hoje, é comum vermos pessoas orando por quem? Por eles mesmos, pedindo não por seus governantes, mas por bênçãos materiais. Esse é o terrível efeito da teologia da prosperidade: amortecer a consciência cristã e diluir os efeitos do evangelho. Se nossas prioridades estão erradas, a culpa é da liderança que, ao invés de ensinar o correto e repreender o erro, deixa os membros embrenharem-se nesse precipício espiritual.

2. Devemos interceder de várias formas


Às vezes, somos tentados a pensar que devemos interceder pelas autoridades de uma única forma, mas isso é um erro banal. Paulo nos orienta a fazer “súplicas, orações, intercessões, e ações de graças“. O que seria súplica? Seria uma petição insistente e confiante na boa vontade do Senhor, uma oração perseverante, cheia de fé e respeito. E a oração? A oração pode ser descrita como uma conversa regular, constante entre o homem e Deus, ou seja, uma prática cotidiana, símbolo de que não podemos parar de orar pelas autoridades. Você tem orado de forma constante pelas autoridades? Se não, está pecando…

Mas, mesmo essas atitudes ainda carecem de complemento: devemos também interceder. E o que é interceder? É colocar-se no lugar do outro, orar como se estivesse no lugar do outro, conhecendo seus problemas e suas necessidades. Devemos interceder por nossas autoridades pedindo ao Senhor que os ajude a vencer seus obstáculos e dificuldades. Pergunte a alguma autoridade se ela precisa de oração e por qual motivo você deve interceder que você estará cumprindo parte de seu papel no Reino.

E, por fim, ações de graças. Confesso: não é fácil agradecer pelos políticos que temos, e alguns deles tornam essa tarefa ainda mais difícil, mas podemos agradecer ao Senhor pelos bons políticos (Jesus, faça com que eles existam, por favor!). Ore e peça que o Senhor lhe mostre por qual autoridade você deve dar graças e por qual motivo, e você verá como se tornará mais fácil louvar ao Senhor pela vida de alguém, ao invés de apenas ficar reclamando e se desanimando sem achar que existe saída.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Porque devemos orar pelas autoridades? Parte 2

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens, pelos reis, e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranqüila e sossegada, em toda a piedade e honestidade.
1 Timóteo 2:1-2

3. Para termos uma vida tranquila

Tranquila ou normal sem ameaças de guerra ou ataque terrorista como muitos países vivem.

4. Para termos uma vida com sossego

Sossego não significa “sombra e água fresca” não, você está enganado. Sossego aqui significa segurança. Você já se deu conta que o país inteiro vive uma crise de segurança? A bandidagem está cada vez mais ousada, mais violenta e agindo à luz do dia. As autoridades parecem estar sem saber o que fazer para conter a onda de criminalidade e violência. Mas nós, igreja, sabemos o que devemos fazer. Só que não estamos fazendo, por isso não há sossego!
Estamos vendo bandidos assaltarem, fazerem pouco caso da polícia e sendo filmados como se fosse um filme e eles fossem intocáveis. Vemos magistrados que querem colocar os bandidos na cadeia serem mortos em pleno dia, e outros se deixando intimidar. Igreja, ore! A solução não está nas mãos dos políticos e governantes, está em seus joelhos! Oremos para que Deus nos dê sossego, senão viveremos nesse clima eterno de insegurança e medo. #fato

5. Para podermos viver em santidade

Existem muitas leis, projetos de leis na verdade, tramitando nos corredores do congresso, aquele lugar onde o fosso que o cerca é mais limpo que a fossa, digo sala onde as excelências se reúnem, que intentam tolher a moral e a ética cristã. São iniciativas como as de Marta Suplicy que pretendem que exerçamos nossa fé intramuros, ou seja, apenas dentro dos templos. Ora, mas e sal serve para alguma coisa se ficar apenas DENTRO do saleiro?
Existem outras propostas que pretendem castrar nossa liberdade de anunciar o evangelho, vide aquela decisão judicial que obrigou a retirada de um outdoor com versículos bíblicos que condenam o homossexualismo. Existem países onde não se pode viver e expressar abertamente sua fé em Cristo, notadamente aqueles muçulmanos e os de ideologia marxista. Se nós não orarmos hoje, talvez não possamos praticar nossa fé em público no futuro, ou seja, viver uma vida piedosa, segundo a Palavra de Deus. Ore pelas autoridades, se você quiser que seus filhos possam viver sua fé em Cristo livremente.

6. Para que possamos viver honestamente

Como trabalho em um órgão de controle (auditoria), é com tristeza que vejo nosso país mergulhado nesse mar de lama e corrupção. Às vezes, não sei se fico revoltado, se fico deprimido, se choro ou grito ao ver tantos bandidos se empanturrando de recursos públicos e rindo da população arrotando impunidade. Mas, a solução não é se indignar (apenas), se revoltar, ficar deprimido, chorando ou gritando feito louco. A solução é orar.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Interceda pelos povos não evangelizdos do Afiganistão

Nesta nação os cristãos vivem escondidos quando são descobertos perdem família casa e emprego e são espancados presos e freqüentemente assassinados.
‘’Intercessão é um ato de Amor’’
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...