segunda-feira, 30 de abril de 2012

Reflexão

"Se o diabo não conseguir fazer você parar de orar e vigiar, também ele não conseguira fazer você  pecar, porque pecado e oração não andam juntos"

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Campanha em prol do grupo de Intercessão!

O grupo de intercessão está em campanha de oração até o próximo domingo, está campanha é em favor dos intercessores e de seus familiares, vamos também orar pelo fortalecimento do grupo nos preparando para o próximo combate em oração pelas almas perdidas, os leitores do blog que queiram entrar no grupo e participar da próxima campanha entrem em contato conosco pelo e-mail grupodeintercessores@hotmail.com


quarta-feira, 25 de abril de 2012

Reflexão

 O poder da oração não depende de quem a faz, mas de quem a ouve. 

terça-feira, 24 de abril de 2012

A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. Tiago 5:16


Faz pouco tempo, um marinheiro do Chile, contou que em porto marítimo havia um cais cheio de prostíbulos. Os irmãos ali se encontravam para orar em diversos pontos desse cais. Agora não há um só prostíbulo nesse lugar. Deus escutou a oração daqueles amigos!

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Reflexão

Existem requisitos para realizar uma oração eficaz, e estes são alguns: "Ter fé, orar em Seu nome, orar em Sua vontade, estar seguro de que Deus ouve, importunar, perseverar, e ser cheio do Espírito Santo. Todas estas condições se resumem em uma só: "...se permanecerdes em mim e minhas palavras permanecerem em vós, pedi tudo o que quiseres e vos será feito" (Jo 15.7). Se isto não se dá, será inútil orar.

sábado, 21 de abril de 2012

A Oração nos aproxima de Deus!

A missionária autóctene das igrejas da CBB, que atua na Bielo-Rússia, serve num hospital onde crianças que foram atingidas pela radiotividade da usina nuclear de Chernobil, recebem tratamento especial. Elas têm de 10 a 12 anos de idade, mas a expectativa de vida é muito curta para elas, devido aos vários tipos de câncer. A missionária ora com elas para que possam dormir. Um menino de 12 anos disse nunca ter pensado que Deus tivesse tão perto de nós e que pudéssemos falar com Ele.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Interceda pelos cristãos perseguidos!

Extremistas islâmicos invadiram uma reunião de oração que acontecia no estado de Bengala, Índia. Eles agrediram uma viúva de 65 anos e outros cristãos da região, acusando-os de terem pressionado uma jovem a se converter ao cristianismo

Muçulmanos invadiram a casa de Gaffar Shaike, onde haviam 11 cristãos reunidos para um momento de adoração. Na mesma área, poucos dias antes, extremistas islâmicos expulsaram Rekha Khatoon de sua aldeia, porque ele se atreveu a agradecer a Jesus por sua cura. Os pais do jovem ajudaram os extremistas.

Inicialmente, sete muçulmanos liderados por Mohammed Aanu Shaike invadiram a casa de Gaffar e ordenaram que os cristãos parassem a reunião naquele momento, disse o pastor Bashir Pal, fundador da igreja cristã na aldeia.

Gaffar disse que os extremistas chamavam os cristãos que ali estavam de pagãos, chutavam, batiam e os empurravam. Eles até ameaçaram a mulher de Gaffar, ordenando que ela não mais organizasse as reuniões de oração em sua casa.

"Perguntei aos radicais porque eles invadiram minha casa e porque eles não permitiam que nós orássemos em nossas próprias casas", disse Gaffar, acrescentando que os extremistas estavam tão furiosos que continuaram agredindo e ameaçando os cristãos para tentar fazê-los voltar ao Islã.
"Queremos apenas a nossa liberdade para adorar a Jesus em nossas próprias casas", disse ele.
Uma multidão de cerca de 100 muçulmanos se reuniram e ficaram em frente à casa de Gaffar, gritando coros anticristãos e ameaçando matá-los enquanto os agrediam e os empurravam, para tentar intimidá-los.

Os radicais islâmicos têm condenado os cristãos ao ostracismo, proibindo que eles comprem ou vendam coisas na região e impedindo que eles tenham acesso à água. Os extremistas disseram aos comerciantes que eles não podem comercializar nada com os cristãos senão sofrerão as consequências.

FonteCompass Direct
TraduçãoLucas Gregório

terça-feira, 17 de abril de 2012

Reflexão

"Se você orar, maravilhas Deus vai operar"

sábado, 14 de abril de 2012

Amanhã jejum e intercessão pelos cristão perseguidos, contamos com você!

Líder cristão é decapitado por radicais islâmicos no norte de Mali

Milhares de cristãos estão fugindo para outras áreas do país africano tentando fugir da Lei Sharia

Um líder cristão foi decapitado por muçulmanos radicais que impuseram a Lei Sharia em uma parte da região Norte de Mali, localizada na África Ocidental. Diante das ameaças, os cristãos estão fugindo da cidade de Timbuku, em Gao as igrejas foram completamente destruídas.

O país sofreu um golpe militar e desde então os cristãos já estão sendo forçados a deixar suas vidas e tentar fugir para o sul ou para outros países da África. Algumas sanções foram aplicadas de fora do país, como o corte do fornecimento de eletricidade o que faz com que os relatórios com pedidos de ajuda demorem a chegar até as autoridades internacionais.

Mali é o sétimo maior país da continente africano e fica na borda do Saara. Para cumprir sua missão o britânico Timothee Yattara resolveu se mudar para aquela região tão remota e por pouco sobreviveu aos ataques. Juntamente com sua família ele fugiu para a cidade de Bamako que fica no sudeste de Mali, mas por ter fugido às pressas o missionário não levou dinheiro nem para alugar uma casa.

Em seu relato ele diz que os islâmicos possuem uma lista contendo os dados de todos os cristãos da cidade de Timbuku com a intenção de executar todos eles por meio da decapitação. “A maioria dos cristãos já fugiram para a segurança deles tendo a lei Sharia imposta em todo o Norte”, disse ele.

O problema se agrava cada dia mais, pois Mali está sendo aterrorizada pela Al Qaeda e os rebeldes associados a esse grupo terrorista tem reclamado a parte norte do país como sendo sua terra natal. Muitos rebeldes da Líbia também estão se mudando para o Norte de Malo fazendo com que a segurança da população fique ainda pior.

Traduzido e adaptado de Persecution

quinta-feira, 12 de abril de 2012

E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração.

Uma pobre mulher morava em uma humilde casa com sua neta, que estava muito doente. Como não tinha dinheiro para levá-la a um médico e, vendo que, apesar de seus muitos cuidados, a pobre menina piorava a cada dia, com muita dor no coração, resolveu deixá-la sozinha e ir à pé até a cidade mais próxima, em busca de ajuda.

No único hospital público da região, foi-lhe dito que os médicos não poderiam se deslocar até sua casa; ela teria que trazer a menina para ser examinada.

Desesperada, por saber que sua neta não conseguiria sequer levantar-se da cama, ao passar em frente a uma igreja resolveu entrar. Algumas senhoras estavam ajoelhadas fazendo suas orações. Ela também se ajoelhou.

Ouviu as orações daquelas mulheres e quando teve oportunidade, também levantou sua voz e disse:

"Olá, Deus, sou eu, a Maria. Olha, a minha neta está muito doente. Eu gostaria que o Senhor fosse lá curá-la. Por favor. Anote aí, Deus, o endereço."


As demais senhoras estranharam o jeito daquela oração, mas continuaram ouvindo.

"É muito fácil, é só o Senhor seguir o caminho das pedras e, quando passar o rio com a ponte, o Senhor entra na segunda estradinha de barro. Passa a vendinha. A minha casa é o último barraquinho daquela ruazinha."
As senhoras que tudo acompanhavam esforçavam-se para não rir.


Ela continuou: "Olha Deus, a porta tá trancada, mas a chave fica embaixo do tapetinho vermelho na entrada. Por favor, Senhor, cure a minha netinha. Obrigado." E quando todas achavam que já tinha acabado, ela complementou: "Ah! Senhor, por favor, não se esqueça de colocar a chave de novo embaixo do tapetinho vermelho, senão eu não consigo entrar em casa. Muito obrigado, obrigado mesmo."

Depois que a Dona Maria foi embora, as demais senhoras soltaram o riso e ficaram comentando como é triste descobrir que as pessoas não sabem nem orar.

Mas, Dona Maria, ao chegar em casa não pode se conter de tanta alegria, ao ver a menina sentada no chão, brincando com suas bonecas.

"Menina, você já está de pé?!?"

E a menina, olhando carinhosamente para a avó, disse: "Um médico esteve aqui, vovó. Deu-me um beijo na testa e disse que eu ia ficar boa. E eu fiquei boa. Ele era tão bonito, vó! Sua roupa era tão branquinha que parecia até que brilhava. Ah! ele mandou lhe dizer que foi fácil achar a nossa casa e que ele ia deixar a chave debaixo do tapetinho vermelho, do jeitinho que você pediu."

terça-feira, 10 de abril de 2012

Reflexão!

 “A maior necessidade de nossos dias é poder do alto.” (Charles Finney)

sexta-feira, 6 de abril de 2012

A INTERCESSÃO REQUER UM ENVOLVIMENTO DE CORAÇÃO

A INTERCESSÃO REQUER UM ENVOLVIMENTO DE CORAÇÃO

Jesus não se apresentava friamente diante de Deus para pedir por outros... Ele envolvia o coração nisso.

Em Jo 11.35-36, nós lemos de Jesus derramando lágrimas pelos que sofrem, está escrito: “Jesus chorou. 36 Então os judeus disseram: “Vejam como ele o amava!”

Em Mc 8.2, Jesus foi movido de íntima compaixão pela multidão; lemos isto: “Tenho compaixão desta multidão; já faz três dias que eles estão comigo e nada têm para comer”.

Em Jo 17.1-26, Jesus orou de maneira emocionada pelos discípulos!

Juan Bunyan dizia: "as melhores orações tem muitas vezes mais gemidos que palavras".

John Knox fez, apaixonadamente, fazia a seguinte oração: "Ó Deus, dá-me a Escócia ou eu morrerei!".

O intercessor não pode ser como aquele menino que, num dia de pique-nique na praia, viu a mãe, que tudo preparara com cuidados especiais, entrando na água, e que instantes depois, começou a se afogar. Então, o filhinho que brincava na areia, ouvindo os gritos de socorro da mãe, andou uns passos para perto do pai, que estava distraído com algumas coisas e falou: “Papai, mamãe está lá na praia. Eu acho que ela está se afogando”. O homem largou as coisas que estava fazendo, deu um salto, saiu a toda pressa a fim de resgatar a esposa...

Muitas vezes, clamamos ao Senhor com a calma daquele menino, oramos sem pressa, sem urgência nenhuma, sem coração.

Quem vai compor o Ministério de Intercessão precisa envolver o coração nesse ministério. Tem que ser como Jesus!

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Reflexão

Uma irmã, que estava ministrando a Palavra de Deus, disse: "Nós precisamos orar aquilo que está no coração de Deus".
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...