sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Daniel e a Oração

"Daniel, pois, quando soube que o edito estava assinado, entrou em sua casa (ora havia no seu quarto janelas abertas do lado de Jerusalém), e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer" - Daniel 6:10.

Quando falamos em oração lembramos-nos de muitos servos que tanto no Velho como no Novo testamento, usaram este grande ensinamento do Senhor Jesus, para serem vitoriosos. 

Em especial podemos citar Daniel, que resolveu no seu coração não se contaminar com as iguarias do rei da Babilônia, e mesmo no seu cativeiro, ele orava três vezes por dia, na janela do seu quarto voltada para Jerusalém. Com suas orações, Deus concedeu a vida de Daniel e seus amigos, grandes experiências com o Senhor. Fecharam bocas de leão, foram salvos de fornalha de fogo, desvendaram mistérios que só uma pessoa com muita intimidade de oração com Deus, pode ter essas experiências. Hoje a igreja que ora ela é vitoriosa. A oração é um dos fundamentos para que o servo do Senhor hoje consiga vencer todas as suas batalhas. (APDSJESUS).

Observemos, pois, algumas lições do texto acima que são perfeitamente aplicáveis a nossas vidas.

1) Daniel quando soube...

Daniel tinha ciência do que acontecia ao seu redor. Quando soube do edito real assinado e que colocaria sua vida em perigo ele procurou a Deus em oração. Ele sabia que "se Deus não guardar a casa, em vão vigia a sentinela". (Salmo 127:1).

Temos até ciência do que nos cerca, mas invariavelmente não temos a mesma atitude de Daniel quando tomamos conhecimento de algo que se levanta contra nós. Ao invés de buscarmos ao Senhor em oração, nos desesperamos, buscamos ajuda em quem de fato não pode nos ajudar. Simplesmente fracassamos!

2) Daniel entrou em sua casa, em cujo quarto havia janelas abertas para o lado de Jerusalém...

Entrar em casa diz respeito a nos recolher para buscar somente ao Senhor. Diz respeito a buscar o Senhor em secreto e o Pai que nos vê em secreto nos recompensará! (Mateus 6:6). Aleluia! Interessante que buscamos a Deus em secreto, mas a recompensa virá PUBLICAMENTE! (Não foi isto que ocorreu - por exemplo - com Daniel?).

Outra observação: Para que lado as janelas de nossa alma estão abertas? Para Jerusalém ou Babilônia? Jerusalém aponta para cima (celestial), enquanto que Babilônia aponta para baixo (terreno). Assim, Daniel se encontrava fisicamente na Babilônia, mas espiritualmente ele se encontrava em Jerusalém! Mesmo que haja até mesmo um edito escrito e assinado contra nós, nunca poderá haver janela fechada para Deus em nossas vidas. Jamais nos esqueçamos que as "janelas abertas" dizem respeito a nossa comunhão com Deus, cujo canal principal é a oração!

3) Daniel três vezes ao dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus...

Quem era o Deus de Daniel? Era o grande "EU SOU"!

Quem é seu Deus? Quem é nosso Deus?

É o mesmo Deus de Daniel? Então, mesmo que sejamos um estadista (como Daniel se tornara em Babilônia) será necessário buscar a Deus em oração. NÃO temos desculpas! Somos indesculpável porque somos relaxados, indisciplinados. Não gostamos quando somos confrontados com palavras que nos exortam e nos acusam de um tempo demasiado dedicado as coisas terrenas e depois falamos que não temos tempo para orar... ou que estamos cansados demais para tal. A carne não aprecia este tipo de palavra, mas, a exortação é para nosso próprio bem.

Estamos sendo "cortados" por essa palavra hoje... penso eu!

4) Como Daniel também antes costumava fazer...

Daniel não nasceu no cativeiro, portanto, ele cultivava uma vida de oração mesmo antes de ser desterrado para Babilônia, entretanto, tudo isso, todas as implicações que sobrevieram sobre sua vida cativa não foi suficiente para forçá-lo abandonar sua fé. Entendemos porque um anjo lhe disse: "Daniel, homem muito amado, entende as palavras que vou te dizer, e levanta-te sobre os teus pés, porque a ti sou enviado" (Daniel 10:11).

Por que homem mui amado?

As respostas podem ser muitas, mas todas elas passarão pela "oração". 


Foi através da oração que Daniel mantinha sua comunhão com o Senhor, matinha sua fé, através dela ele recebeu proteção em variados níveis de sua vida e instruções claras e objetivas acerca de como devia proceder.

Então, fica a pergunta: 

Quando "sabemos" de algo que pode nos prejudicar, que atitude nós temos tomado?

Entramos em nosso quarto, cujas janelas estão abertas para o lado de Jerusalém e oramos... ou...

...Não podemos apenas ficar com o "jejum de Daniel"... pois, a vida dele não se resumia apenas ao jejum de 21 dias, mas numa pratica diária completa de oração, abnegação e santidade diante do Senhor!

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Reflexão

" A intercessão requer dedicação, determinação e perseverança. Geralmente, cada um destes atributos é contrário à carne. "

Reflexão

No Museu de Kisington, na Inglaterra, um interessante quadro que retrata um nobre na ante-sala, aguardando a vez de ser recebido pelo rei. Um pastor, ao ver esse quadro, ficou intrigado e escreveu as seguintes palavras em seu diário: "O Senhor nosso Deus, o Rei dos reis, nos recebe em audiência a qualquer momento do dia e nos abençoa."

domingo, 27 de agosto de 2017

A NECESSIDADE DE INTERCESSORES


É necessário haver intercessores pelo fato de Deus, Santo como é, punir o pecado.
Deus é bom, mas Ele é também Santo e Justo...então, quando o homem peca, Deus o reprova.

A santidade de Deus O leva a punir o pecado, por outro lado, o Amor de Deus O leva a abençoar o pecador com misericórdia.

E aí é que entra a necessidade do intercessor... a necessidade de alguém que se apresente diante do Senhor para fazer com que venha mais graça do que juízo sobre o que pecou.

A mão de Deus pesa sobre o pecador, mas ela pode também ser estendida para abençoa-lo... portanto, o ministério do Intercessor é precisamente fazer isto: que a mão de Deus venha sobre o pecador para o abençoar.

Se não houver o intercessor, então o que ocorre é que o pecador fica só e debaixo do juízo de Deus.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Visão sobre o grupo de Intercessão!

Eu sou membro do grupo de Intercessão, mas avia saído do grupo por motivo de luta, foi quando Deus me deu uma visão; Em uma revelação, onde eu vi um punho de um general conferindo uma lista de nomes; era os nomes de quem tinha colocado para orar no grupo de Intercessão (ele dizia deixa eu ver quem se alistou.

Ele estava averiguando um por um, o Espírito do Senhor dizia a mim é o nome dos ceifeiros que se prontificaram em interceder.

Ele levantava a mão para tocar uma como se fosse buzina para convocar para receber uma ordenança Dele.

Em continuação em visão uma à imagem de um demônio que convocava mais outros para guerrear contra aqueles que estavam orando no grupo de Intercessão para fazerem eles pararem,ele dizia luta nas casas deles,na vida deles,na união conjugal,em tudo para que fiquem fracos e não tenham força pra orarem,e acabe este grupo de Oração.

Quero comunicar o meu regresso ao grupo porque o meu nome não estava no alistamento, em momento de LUTA SAI DO GRUPO, mas agora regresso em nome de Jesus.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Ore,ore,ore,ore,ore,ore,ore,ore.....

Um irmão da Operação Mobilização, aconselha: "Não apenas leia as cartas, leia e ore. Quando ver uma revista ore, você pode imediatamente orar pelo que você está vendo. Você pode conversar ao telefone e orar enquanto conversa... ao ouvir coisas numa reunião, no rádio ou em qualquer lugar, rapidamente ore... enquanto você escreve uma carta, você pode orar. Leia, ore; veja, ore; telefone, ore; ouça, ore; escreva, ore...
"Quanto mais amadurecidos nos tornamos mais desejamos orar pelo simples prazer da comunhão com Deus".

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Porque devemos orar pelas autoridades? Parte 2

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens, pelos reis, e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranqüila e sossegada, em toda a piedade e honestidade.
1 Timóteo 2:1-2

3. Para termos uma vida tranquila

Tranquila ou normal sem ameaças de guerra ou ataque terrorista como muitos países vivem.

4. Para termos uma vida com sossego

Sossego não significa “sombra e água fresca” não, você está enganado. Sossego aqui significa segurança. Você já se deu conta que o país inteiro vive uma crise de segurança? A bandidagem está cada vez mais ousada, mais violenta e agindo à luz do dia. As autoridades parecem estar sem saber o que fazer para conter a onda de criminalidade e violência. Mas nós, igreja, sabemos o que devemos fazer. Só que não estamos fazendo, por isso não há sossego!
Estamos vendo bandidos assaltarem, fazerem pouco caso da polícia e sendo filmados como se fosse um filme e eles fossem intocáveis. Vemos magistrados que querem colocar os bandidos na cadeia serem mortos em pleno dia, e outros se deixando intimidar. Igreja, ore! A solução não está nas mãos dos políticos e governantes, está em seus joelhos! Oremos para que Deus nos dê sossego, senão viveremos nesse clima eterno de insegurança e medo. #fato

5. Para podermos viver em santidade

Existem muitas leis, projetos de leis na verdade, tramitando nos corredores do congresso, aquele lugar onde o fosso que o cerca é mais limpo que a fossa, digo sala onde as excelências se reúnem, que intentam tolher a moral e a ética cristã. São iniciativas como as de Marta Suplicy que pretendem que exerçamos nossa fé intramuros, ou seja, apenas dentro dos templos. Ora, mas e sal serve para alguma coisa se ficar apenas DENTRO do saleiro?
Existem outras propostas que pretendem castrar nossa liberdade de anunciar o evangelho, vide aquela decisão judicial que obrigou a retirada de um outdoor com versículos bíblicos que condenam o homossexualismo. Existem países onde não se pode viver e expressar abertamente sua fé em Cristo, notadamente aqueles muçulmanos e os de ideologia marxista. Se nós não orarmos hoje, talvez não possamos praticar nossa fé em público no futuro, ou seja, viver uma vida piedosa, segundo a Palavra de Deus. Ore pelas autoridades, se você quiser que seus filhos possam viver sua fé em Cristo livremente.

6. Para que possamos viver honestamente

Como trabalho em um órgão de controle (auditoria), é com tristeza que vejo nosso país mergulhado nesse mar de lama e corrupção. Às vezes, não sei se fico revoltado, se fico deprimido, se choro ou grito ao ver tantos bandidos se empanturrando de recursos públicos e rindo da população arrotando impunidade. Mas, a solução não é se indignar (apenas), se revoltar, ficar deprimido, chorando ou gritando feito louco. A solução é orar.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Por que devemos orar pelas autoridades? Parte 1.

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens, pelos reis, e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranqüila e sossegada, em toda a piedade e honestidade.
1 Timóteo 2:1-2


1. Orar pelas autoridades é prioridade

Veja só você o que Paulo disse: “antes de tudo” façam-se orações pelos homens, aqueles investidos de autoridade. Mas, hoje, é comum vermos pessoas orando por quem? Por eles mesmos, pedindo não por seus governantes, mas por bênçãos materiais. Esse é o terrível efeito da teologia da prosperidade: amortecer a consciência cristã e diluir os efeitos do evangelho. Se nossas prioridades estão erradas, a culpa é da liderança que, ao invés de ensinar o correto e repreender o erro, deixa os membros embrenharem-se nesse precipício espiritual.

2. Devemos interceder de várias formas


Às vezes, somos tentados a pensar que devemos interceder pelas autoridades de uma única forma, mas isso é um erro banal. Paulo nos orienta a fazer “súplicas, orações, intercessões, e ações de graças“. O que seria súplica? Seria uma petição insistente e confiante na boa vontade do Senhor, uma oração perseverante, cheia de fé e respeito. E a oração? A oração pode ser descrita como uma conversa regular, constante entre o homem e Deus, ou seja, uma prática cotidiana, símbolo de que não podemos parar de orar pelas autoridades. Você tem orado de forma constante pelas autoridades? Se não, está pecando…

Mas, mesmo essas atitudes ainda carecem de complemento: devemos também interceder. E o que é interceder? É colocar-se no lugar do outro, orar como se estivesse no lugar do outro, conhecendo seus problemas e suas necessidades. Devemos interceder por nossas autoridades pedindo ao Senhor que os ajude a vencer seus obstáculos e dificuldades. Pergunte a alguma autoridade se ela precisa de oração e por qual motivo você deve interceder que você estará cumprindo parte de seu papel no Reino.

E, por fim, ações de graças. Confesso: não é fácil agradecer pelos políticos que temos, e alguns deles tornam essa tarefa ainda mais difícil, mas podemos agradecer ao Senhor pelos bons políticos (Jesus, faça com que eles existam, por favor!). Ore e peça que o Senhor lhe mostre por qual autoridade você deve dar graças e por qual motivo, e você verá como se tornará mais fácil louvar ao Senhor pela vida de alguém, ao invés de apenas ficar reclamando e se desanimando sem achar que existe saída.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. Atos 1:8.

Mateus 28:19 diz para irmos e fazermos discípulos de todas as nações ou ‘etnia’, significando grupos de pessoas que estão provavelmente juntas pela história, língua e cultura comuns. 


De acordo com Atos 1:8 temos três campos para irmos e trabalharmos neles.

Jerusalém significa nossa casa onde pessoas como nós, falam a nossa língua e onde conhecemos os nossos caminhos.

Judéia e Samaria  estão próximas, onde as pessoas são semelhantes a nós, mas a cultura e o dialeto são um pouco diferentes e pode haver um pouco de preconceito.

Os Confins da Terra onde as pessoas são muito diferentes na sua cultura, clima, estilo de vida, religião e idioma.
A idéia é que trabalhemos em INTERCESSÃO  em todas as 3 áreas ao mesmo tempo. Obviamente podemos fazer mais em nossa 'Jerusalém', porque ali somos fortes em mão-de-obra, materiais e dinheiro. Podemos fazer menos em nossa Judéia e Samaria, e nos confins da terra nos encontraremos muito limitados, mas as Intercessões e Jejuns ultrapassam qualquer limites, por isso estamos em campanha de Jejum e Intercessão pelos povos não evangelizados.

Reflexão!

“Satanás não se impressiona com belos sermões, nem com um ensino bem feito, mas ele TREME quando um homem ou mulher começa a ORAR”, Samuel Chadwick.

terça-feira, 25 de julho de 2017

Pensamento sobre Oração!

"Não há outra obra que se possa comparar a esta. Com Deus há muitas "possibilidades"; mas estas se transformarão em "impossibilidades" se os crentes não abrirem caminhos para Deus através da oração"

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Perseverai em oração

Em Mateus 21:22 Jesus ensinou: Tudo o que pedirmos em oração, crendo, receberemos.

O apóstolo Paulo, em Rm 12:12 ensina: Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração.

Muitas vezes nossa tendência é fazer exatamente o oposto, três situações que muitas vezes impedem nossa oração, claro que existem várias que podem impedir, mas veja estas: 

-Deixamos de crer, a influência da incredulidade começa agir.

-Deixamos de perseverar na oração achando que nunca vamos alcançar nosso objetivo.

-somos impacientes na tribulação, muitas vezes murmuramos e interrompemos as nossas orações.

Em Ef 6:18 Orando em todo tempo com toda a oração e súplica no Espírito aprendemos que a oração deve ser constante; se a oração deve ser constante, quem ora deve ser perseverante e ainda que tenha uma pequena fé como um grão de mostarda deve usá-la.

A primeira carta aos Tessalonicenses 5:17 nos diz: Orai sem cessar, mais uma.

A Palavra nos ensina a perseverar, pois esta palavra significa:

-conservar-se firme e constante, continuar, persistir.

A oração com perseverança, unida com fé move o sobrenatural e o natural

No Livro de Atos vemos um de alguns exemplos de uma oração com fé e perseverança, que moveu o lugar onde o povo orava.

E tendo eles orado moveu-se o lugar em que estavam reunidos. Atos 4:31.

Moveu-se o lugar em que estavam reunidos.

Mover é deslocar, é fazer você sair do lugar em que se está. É levar você a mudar de atitude. O lugar foi abalado, houve um deslocamento, um movimento novo, uma ação nova.

Talvez você esteja fixado em uma ou em algumas situações, e não consegue se movimentar, pode ser na sua vida espiritual, no seu casamento, até sua igreja que esta na apatia espiritual.

A perseverança na oração com fé vai movimentar o que está estático, parado imóvel ou até sem vida.

Vamos juntos perseverar em oração, comece agora mesmo. 

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Interceda pelos 10 países de maior dificuldade para Evangelização


1 - Coréia Norte – todos devem adorar os lideres Kim Jong II e seu Pai, o regime acredita que seu poder entrará em colapso se não detiver a propagação do cristianismo quando são descobertos cristãos eles são enviados para compôs de mortais de trabalho forçados ou mesmo secretamente executados igrejas neste pais apenas para Turistas.


2 - Irã – de acordo com a nova lei, os convertidos ao cristianismo enfrenta a sentença obrigatória de morte, as igrejas domésticas são monitoradas pela polícia secreta e seus membros são frequentemente presos, interrogados e espancados.


3 - Arábia Saudita -  Quaisquer adoração que não seja a muçulmana pública é proibida  desobedecer isso leva á prisão, açoitamento e deportação os cristãos sofrem com o risco das ameaças e das mortes por honra.


4 - Somália - O islamismo é a religião estatal aqui também não liberdade religiosa, Em 2009, cristão foram sequestrados e mortos e cristãs estuprados, os convertidos que tem a permissão para se manter vivos tornam-se marginalizados entre as famílias e praticam sua fé em condições extremamente perigosas.

5 – Maldivas – todos os cidadãs  devem abraçar o Islã, se alguém se converter a outra religião enfrentará a perda da cidadania, o governo acredita que essa lei severa promove a unidade nacional e mantém o controle na ilhas, esse é o pais menos evangelizado do Mundo.

6 – Afeganistão – nesta nação os cristãos vivem escondidos quando são descobertos perdem família casa e emprego, são espancados, presos e frequentemente assassinados.

7 – Iêmen – neguem tem a permissão para se converter a outra religião ao não ser ao islamismo desobedecer essa regra acarreta em oposição severa por parte das autoridades e ate ao martírio.

8 – Mauritânia – converte-se ao cristianismo é proibido neste pais o governo tem aumentado a pressão sob cristãos através de ameaças de prisão ou morte para eliminar a parecença do evangelho no pais.



9 – Laos – Os Cristãos dessa nação estão sob a vigilância restrita do governo as comunidades policiam pressão severa quaisquer pessoas que abandonem o culto aos espíritos malignos.


10- Uzbequistão - é proibido falar de Jesus ou importar material religioso neste país tem campanhas publicitárias contra os cristãos são amplamente divulgadas e muitos são forçados a deixar suas casas devido às ameaças feitas por sua comunidades.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

O SIGNIFICADO DA INTERCESSÃO

INTERCESSÃO.
Quero adiantar que a Intercessão é a chave que move ou retém a mão de Deus.

O apóstolo Paulo declarou que interceder é uma prática que deve ocupar o primeiro lugar em importância na vida da igreja. Ele falou: “Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens”.

Não há registro de Jesus ter ensinado os seus discípulos a pregar, a adorar... mas ensinou-os a orar.

Há pelo menos três pontos básicos sobre Intercessão, que importa conhecermos bem, a fim de praticarmos com êxito este ministério.

...o primeiro ponto básico sobre o tema “Intercessão”, é este:

O QUE É INTERCESSÃO

Interceder significa literalmente “mediar”, significa fazer mediação.

Interceder é você se colocar no lugar do outro e pleitear, defender, a causa dele.

O intercessor levanta as mãos para Deus e diz: “Senhor, eu me coloco diante do Senhor para lutar em favor de Fulano. Eu apresento a minha vida, a minha fé, a minha insistência como um argumento para que o Senhor abençoe a ele”.

Portanto, o intercessor é alguém que, com humildade, mas com ousadia, “luta com Deus”, por assim dizer, em favor de seu semelhante.

domingo, 9 de julho de 2017

DEUS PROCURA INTERCESSORES


DEUS PROCURA INTERCESSORES
Os intercessores são, muitas vezes, tudo o que Deus precisa para ser movido a abençoar uma pessoa.


Deus é Amor, mas ao mesmo tempo é Santo e Justo... por isso, tem que punir o pecado, tem que condenar o pecado... mas, ainda assim, Deus espera para ter misericórdia.


Vamos ler Ez 22.23-31 a fim de conhecermos o que se passa no coração de Deus: “De novo a palavra do SENHOR veio a mim. Disse ele: 24 “Filho do homem, diga a esta terra: Você é uma terra que não tem tido chuva nem aguaceiros no dia da ira. 25 Há nela uma conspiração de seus príncipes como um leão que ruge ao despedaçar sua presa; devoram pessoas, apanham tesouros e objetos preciosos e fazem muitas viúvas. 26 Seus sacerdotes cometem violência contra a minha lei e profanam minhas ofertas sagradas; não fazem distinção entre o sagrado e o comum; ensinam que não existe nenhuma diferença entre o puro e o impuro; e fecham os olhos quanto à guarda dos meus sábados, de maneira que sou desonrado no meio deles. 27 Seus oficiais são como lobos que despedaçam suas presas; derramam sangue e matam gente para obter ganhos injustos. 28 Seus profetas disfarçam esses feitos enganando o povo com visões falsas e adivinhações mentirosas. Dizem: ‘Assim diz o Soberano, o SENHOR’, quando o SENHOR não falou. 29 O povo da terra pratica extorsão e comete roubos; oprime os pobres e os necessitados e maltrata os estrangeiros, negando-lhes justiça. 30 “Procurei entre eles um homem que erguesse o muro e se pusesse na brecha diante de mim e em favor desta terra, para que eu não a destruísse, mas não encontrei nenhum. 31 Por isso derramarei a minha ira sobre eles e os consumirei com o meu grande furor; sofrerão as consequências de tudo o que fizeram. Palavra do Soberano, o SENHOR”.

Nesta passagem, Deus fala sobre o pecado que havia dominado todos os níveis da nação... os profetas, os príncipes, os sacerdotes, e por fim, todo o povo haviam se corrompido.


Então, nos v.31-31, Deus desabafa: “Procurei entre eles um homem que erguesse o muro e se pusesse na brecha diante de mim e em favor desta terra, para que eu não a destruísse, mas não encontrei nenhum. 31 Por isso derramarei a minha ira sobre eles e os consumirei com o meu grande furor; sofrerão as consequências de tudo o que fizeram. Palavra do Soberano, o SENHOR”.


Que declaração chocante! Deus buscou um (apenas um!) homem que intercedesse por aquela gente... como não encontrou, Ele teve que descarregar Seu juízo sobre o povo.


Hudson Taylor, soube dessa busca de Deus e fez o compromisso de interceder. Ele declarou: “Durante mais de quarenta anos, o sol nunca se levantou na China, sem me encontrar de joelhos, em oração”.


Outra passagem muito forte é Is 59.12-16: “12 Sim, pois são muitas as nossas transgressões diante de ti, e os nossos pecados testemunham contra nós. As nossas transgressões estão sempre conosco, e reconhecemos as nossas iniquidades: 13 rebelar-nos contra o Senhor e traí-lo, deixar de seguir o nosso Deus, fomentar a opressão e a revolta, proferir as mentiras que os nossos corações conceberam. 14 Assim a justiça retrocede, e a retidão fica à distância, pois a verdade caiu na praça e a honestidade não consegue entrar. 15 Não se acha a verdade em parte alguma, e quem evita o mal é vítima de saque. Olhou o Senhor e indignou-se com a falta de justiça. 16 Ele viu que não havia ninguém, admirou-se porque ninguém intercedeu; então o seu braço lhe trouxe livramento e a sua justiça deu-lhe apoio”.

Esse texto revela que o errado era tratado como sendo o correto naqueles dias (e a coisa não mudou muito...), e termina descrevendo a reação de Deus, no v.16: “Ele viu que não havia ninguém, admirou-se porque ninguém intercedeu”.


Estas duas passagens (Ez 22 e Is 59) nos mostram com clareza, como Deus precisa de intercessores para abençoar vidas, e como é frustrante para Ele, em muitas ocasiões, quando os intercessores não são encontrados.


...havendo considerado os pontos básicos, importa agora, conhecermos o maior de todos os intercessores: Jesus


Jesus foi e continua sendo o maior de todos os intercessores... Ele se apresentou diante do Pai, em nosso lugar, e fez isto não apenas com palavras e orações, mas com o próprio sangue.


Jesus, enquanto estava vivendo na terra, praticou muita oração, especialmente intercessão.


Na Bíblia, nós encontramos Jesus, por exemplo, chorando sobre Jerusalém. Em Lc 19.41, lemos isto: “Quando se aproximou e viu a cidade, Jesus chorou sobre ela”.


Em Jo 17, lemos de Jesus intercedendo intensamente pelos discípulos que haveriam de passar por muita tribulação.


Mas o ponto alto da intercessão de Jesus teve lugar na cruz, quando Ele, literalmente, ofereceu a Sua vida em favor da nossa... e até hoje, Jesus continua no ministério de intercessão!


Lemos em Hb 7.24-25: “...visto que vive para sempre, Jesus tem um sacerdócio permanente. 25 Portanto, ele é capaz de salvar definitivamente aqueles que, por meio dele, aproximam-se de Deus, pois vive sempre para interceder por eles”.

Falando profeticamente, Isaías anunciou: “ele derramou sua vida até a morte, e foi contado entre os transgressores. Pois ele levou o pecado de muitos, e pelos transgressores intercedeu” (Is 53.12).


Com Jesus, aprendemos algumas verdades muito importantes sobre o Ministério de Intercessão.

Entre você também no grupo de intercessão, entre em contato conosco, luisantoniojc@hotmail.com ou sms 
77-99169-0443

sábado, 8 de julho de 2017

Reflexão

"Se estamos demasiado ocupados para orar, estamos demasiado ocupados"

domingo, 2 de julho de 2017

A Importância do Intercessor



Texto: Jó 42:10: “E o Senhor virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus amigos, e o Senhor acrescentou a Jó outro tanto em dobro e a tudo quanto dantes possuía"


A Intercessão favorece o intercessor

Alvo: Levar os crentes a reconhecerem o valor da intercessão e a tirarem o proveito pessoal do seu resultado.

Introdução: Deus quer intercessores que estejam na Sua presença clamando e orando em favor dos outros. Deus executa os Seus planos usando homens e mulheres disponíveis.
O Senhor chamou Moisés e este respondeu: “Eis-me aqui!” (Êx. 3:4). Deus chamou Samuel e ele respondeu: “Fala Senhor que o teu servo ouve!” (I Sam. 3:10).
Deus quer estabelecer diálogo com os intercessores, mas estes têm que estar disponíveis e sensíveis para poderem ouvir a voz do Senhor.

Explicação: A intercessão é a irmã gêmea da oração. É como uma moeda; só está completa com as duas faces. Todo o cristão tem de ser um TODO. Ele deve orar e interceder. Ele deve pedir por si e também pelos outros.

1. A IMPORTÂNCIA DE UM INTERCESSOR

a) Deus procura pessoas de ambos os sexos, de todas as idades e de todas as camadas sociais que estejam disponíveis para interceder – Is. 59:16.

b) Ao contrário do que a maioria dos cristãos pensam, Deus tem os intercessores em grande consideração – Jó 2:3, e conta com eles – Ez. 22:30.

c) Jesus deu o exemplo maior da importância do intercessor – Jo. 17:20; Heb. 9:24.

2. O INTERCESSOR PRIVA-SE EM FAVOR DOS OUTROS

a) Moisés privou-se da comunhão da sua família para estar 40 dias na presença de Deus, em jejum, no monte Sinai – Êx. 24:16-18.

b) Jesus privou-se do seu emprego para estar 40 dias no deserto intercedendo pelos da sua nação, sabendo que para isso foi enviado (Jo. 3:17)

c) Jesus privou-se da companhia dos seus discípulos para orar à parte, porque o peso da sua intercessão o angustiava e o entristecia até à morte (Mar. 14:32-35).

3. O INTERCESSOR É RECOMPENSADO POR DEUS

a) Quando nos preocupamos e oramos pelos nossos amigos o Senhor recompensa-nos abundantemente, concedendo-nos até aquilo que não pedimos (Jó 42:10);

b) Mesmo em situações de profunda crise a intercessão em favor dos outros traz grandíssima recompensa (Ester 4:14-17; 8:15-17).

c) Daniel, orava três vezes ao dia. Era em deportado; estava longe dos seus em terra estranha; mas intercedia pela sua família e pelos seus concidadãos todos os dias. A recompensa veio de várias maneiras: Foi salvo da boca dos leões; tornou-se num príncipe e o chefe dos sábios; foi exaltado perante o rei e, por fim, foi agraciado com a presença de um anjo, fazendo dele um profeta escatológico (Dan. 10:2,3 e 11,12).

Conclusão: Além das grandes vantagens que a intercessão traz à igreja, à família, ao país, e aos crentes em particular, o intercessor é contemplado com a graça e a misericórdia de Deus de forma abundante, traduzida em bênçãos materiais, tal como aconteceu com os servos de Deus no passado.

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Vigia com que você diz nas suas orações!

De vez em quando os filhos também envergonham os pais, como aconteceu quando uma mãe pediu que sua filhinha orasse antes de uma refeição com várias visitas em casa. “Mas não sei o que orar, mamãe!” Sua mãe disse: “Diga o que você ouve mamãe falando para o Papai do Céu.” Então a filha orou: “Meu Deus, por que eu convidei tanta gente para almoçar aqui em casa hoje?"

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Antes de tudo faça oração...

Certa vez, uma mãe procurou seu pastor a fim de reclamar do filho adolescente. Ela falou: "Pastor, já fiz de tudo, agora só me resta orar". Pobre mãe, orar deveria ser a primeira coisa a fazer...

terça-feira, 27 de junho de 2017

NIGÉRIA: MAIS DE 100 CRISTÃOS MORTOS


Interceda pelos cristãos da Nigéria!
De acordo com os contatos VDM, mais de 100 cristãos foram mortos em Jos, Nigéria, eclodiram violentos confrontos entre as comunidades cristãs e muçulmanas.
         Eles informaram a Missão A Voz dos Mártires que a violência foi desencadeada por um ataque muçulmano a uma igreja cristã em Nasarawa Gwong, no Norte Jos. “Parece que a comunidade muçulmana da Nigéria realmente se prepara para acontecimentos como este e, em seguida transformam isso em uma crise. A intenção é a de expulsar os cristãos da área até o sul “, relataram.
         Líderes cristãos também relatam que jovens muçulmanos atacaram edifícios pertencentes às igrejas Apostólicas de Cristo, Assembléia de Deus, Igreja de Cristo na Nigéria e Igreja Evangélica da África Ocidental. Em 18 de janeiro, as autoridades impuseram um toque de recolher, e a cidade está sob o forte controle das tropas nigerianas.
         Centenas de crentes ficaram gravemente feridos nestes ataques. “Temos assistido a tiroteios esporádicos nos últimos dois dias”, relatou o Rev. Chuwang Avou, secretário da seção estadual da Associação Cristã da Nigéria à agência de notícias Compass Direct News poucos dias após os ataques começaram. “Alguns moradores muçulmanos simplesmente atiram ao léu com metralhadoras a fim de assustar os cristãos”, desabafa.
         A Voz dos Mártires enviou pessoas capacitadas a fim de ajudar os crentes da Nigéria. São oferecidos serviços médicos dentre outros para atender vítimas dos ataques.
         Há mais de 20 anos a VdM apóia os cristãos neste país. Além disso, ela também ajuda viúvas e suas famílias através do Fundo para Mártires e fornece estudos gratuitos para filhos de líderes cristãos martirizados.
         Ore para que os contatos da VdM estejam em segurança para continuar nos informando da situação na Nigéria. Ore também para que os cristãos sejam fortes e corajosos nesta batalha.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

O que impede as orações?

Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir.
Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça.
Isaías 59:1-2

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Orar Pouco ou Muito? Parte 1.


O Segredo de uma Vida de Oração!!


Os grandes mestres da doutrina cristã têm encontrado sempre na oração a fonte mais elevada de iluminação. Diz-se do Bispo Andrews, para não passar dos limites da Igreja Anglicana, que ele empregava em geral cinco horas diariamente na oração e devoção. Tem-se chegado às maiores resoluções práticas, aos quais têm enriquecido e aformoseado a vida humana nos tempos cristãos, por meio da oração. (Cannon Liddon)


Ainda que muitas orações privadas por sua própria natureza devam ser curtas; ainda que as orações públicas, comumente, devam ser curtas e condensadas; embora haja lugar e valor na oração breve, contudo, em nossa comunhão privada com Deus, o tempo tem um valor essencial. Muito tempo passado com Deus é o segredo da oração eficaz.


A oração, que é sentida como uma força poderosa, é o produto mediato ou imediato de largas horas passadas com Deus. As nossas orações curtas devem seu ponto de apoio e eficiência às orações extensas que as precederam. Uma oração curta não pode ser eficaz se o que a faz não tem tido uma luta contínua com Deus. A vitória da fé de Jacó não poderia ter sido alcançada sem aquela noite de luta. A intimidade com Deus não se faz às pressas. Ele não concede Seus dons aos que vêm e vão fortuitos e apressados. Demorar-se sozinho com Deus é o segredo para alguém conhecê-LO e ter influência junto a Ele. Ele cede à persistência de uma fé que O conhece. Cede as suas mais ricas dádivas àqueles que declaram seu desejo e sua apreciação por elas pela constância e sinceridade de sua importunação.


Cristo, que nisso como em tudo é nosso Modelo, passou noites inteiras em oração. Seu costume era orar muito. Ele tinha um lugar habitual para orar. Largos períodos de tempo em oração formaram sua história e seu caráter. Paulo orava dia e noite. Daniel, no meio de importantes ocupações, orava três vezes ao dia. As orações de Davi de manhã, ao meio-dia e à noite eram indubitavelmente mui prolongadas em muitas ocasiões. Ainda que não saibamos exatamente o tempo que estes santos da Bíblia passaram em oração, temos indicações de que dedicaram boa parte dele, e, em algumas ocasiões, era do seu costume empregar longos períodos da manhã.
Não queremos afirmar que o valor das orações foi medido pela duração, mas nosso propósito é imprimir em nossas mentes a necessidade de permanecer em comunhão com Deus; se em nossa fé não se nota essa característica, ela é vazia e superficial.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Reflexão

"Quando Deus pretende dispensar grandes misericórdias a seu povo, a primeira coisa que faz é inspirá-lo a orar. Matthew Henry"

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Lute as suas batalhas de joelhos

Introdução: Algumas lutas são externas, tais como finanças ou emprego. Outras acontecem dentro de você. Inimigos internos, como raiva, rancor, ou insegurança podem atrapalhar sua caminhada com Deus. Como você pode encontrar a vitória? Lutando suas batalhas de joelhos, você vai vencer sempre.

I. O que significa lutar nossas batalhas de joelhos?

Simplesmente isto - que você e eu coloquemos nossas petições diante do Senhor. Temos que passar tempo na Sua presença, para ouvir Sua resposta. Somente levando o problema a Deus em oração você será capaz de experimentar a vitória na situação difícil.


II. Por que devemos lutar nossas batalhas de joelhos?


A. É o padrão bíblico. Em toda a Escritura, vemos os servos de Deus caindo sobre seus rostos diante do Senhor.
B. Quando nos voltamos para o Senhor, já não estamos lutando por nossa conta. Ninguém pode ajudá-lo mais do que o Soberano do universo (Salmo 103:19). Ele age a favor daqueles que confiam nEle (Isaías 40:31).
C. A oração nos conecta com o Espírito Santo e o Seu poder. Se você confiou em Cristo como seu Salvador pessoal, o Espírito Santo habita dentro de você. Nós não podemos realizar nada para Deus sem o poder do Espírito.


III. O que você pode esperar se você lutar suas batalhas de joelhos?


A. Conforto e segurança
B. Incentivo
C. Um novo foco: o inimigo quer nos fazer focar em nossos problemas, como podemos nos defender. A vitória, no entanto, encontra-se em direcionar os nossos olhos para Deus. Ele opera em favor daqueles que estão dispostos a confiar e obedecer a Ele (Isaias 40:31).
D. Paz sobrenatural: os crentes que se tornam suas lutas para o Senhor tem paz mesmo quando as circunstâncias não mudam (Filipenses 4:6-7).

IV. Como você pode lutar as batalhas de joelhos?


A. Reserve um tempo para estar a sós com Deus. Encontre um lugar calmo e dedique-se a Deus que é capaz de ajudá-lo.
B. Ouça em silêncio. O Senhor deseja ter um relacionamento íntimo com cada um de Seus filhos. Mas você nunca vai conhecê-lo melhor, a menos que você tome tempo para ouvir a Sua voz.
C. Espere Ele trazer outros problemas em sua vida. Ele pode querer lidar com falta de perdão, rebelião, ou amargura em seu coração. Até que você se arrependa e se entregue ao Senhor, o pecado vai impedi-lo de experimentar o melhor de Deus e desfrutar de uma relação estreita com Ele.
D. Lembre-se que em uma batalha, só pode haver um general. Expresse livremente seus desejos, mas não espere que Deus receba ordens de você. À medida que você se entrega a Sua orientação, Ele vai liberar Seu poder sobrenatural.
E. Sabendo que as batalhas são instrumentos de Deus. Alguns colocam a confiança em si mesmos e buscam relacionamentos, realizações ou posses, em vez de um relacionamento com o pai.
1. O Senhor me ensinou a ver todas as adversidades, como permitidas por Ele. Esta verdade vai protegê-lo da amargura para com aqueles que erraram com você. Romanos 8:28 diz: "Sabemos que Deus faz com que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito"
2. Em uma batalha, eu e você podemos perder o orgulho, dinheiro ou controle sobre uma situação. Mas se a luta nos leva ao ponto de entrega total ao Senhor, vamos ganhar sempre espiritualmente.

Conclusão:
O que você está lutando hoje? Parece como se Deus não vê a sua dor ou compreende o seu sofrimento? Deixe-me assegurar a vocês que Ele sabe exatamente o que você está passando. Ajoelhe-se na presença do Senhor, hoje e ofereça esta oração: "Senhor, eu não quero nada em minha vida que desagrada a ti. Toda minha amargura, ressentimento e raiva eu te entrego nessa batalha, e confio que o Senhor vai transformá-las para o meu bem segundo a sua vontade e no Seu tempo" Entregue seus problemas a Deus todo-poderoso, e você vai encontrar a vitória.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Deus confirma a próxima campanha do grupo de Intercessão.

A paz do Senhor Jesus Intercessores(as)!


Antes de terminar a campanha O Clamor da Última Hora pela Salvação da Nações, eu estava orando em prol da próxima campanha do grupo.


E como resposta da oração o Senhor mostrou-me  uma visão. E nesta visão eu estava descendo uma escada e no final da escada cheguei a um ambiente, e naquele ambiente eu olhava pela janela e via uma guerra acontecendo e nesta guerra eu ouvia muitos tiros, homens correndo, muitas explosões, e quando eu via e ouvia tudo isso eu tentava desligar a luz do  ambiente que eu estava, mas não conseguia, quando percebi que não conseguia apagar a luz então sai daquele lugar, quando cheguei em outro lugar um homem que estava naquela guerra pulou em minha frente, o homem estava vestido com roupas de árabe e com algo na mão que pensei ser uma arma, mas não era uma arma e sim um pedido de oração, e naquele pedido de oração estava escrito: Faça uma oração forte por mim Interceda por mim, quando li o pedido ele estava escrito em português, então ele ajoelhou-se e eu orei por ele, ele levantou as mãos e orava com fervor, mas eu percebia que ele orava em uma língua árabe e eu orava em português, quando terminei a oração eu virei-me  para o lado oposto que ele estava quando voltei a olhar para ele novamente, ele já estava com a bíblia na mão,( Glória a Deus), ele estava sentado lendo a Bíblia. e assim entendi o chamado de Deus para fazermos a campanha em prol dos povos não evangelizados que estão na janela 10/40, e através desta campanha o Senhor vai salvar muitas almas, contamos com você!



Essa foi a resposta de Deus a oração e a confirmação para campanha "Dando o melhor pelos povos não evangelizados" 

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Orai sem cessar, Isso é mais que uma ordenança, é a chave que abre as possibilidades em Deus

Na vida de um crente, existe um poderoso instrumento de ação: a oração. Assim como a leitura da Bíblia alimenta o espírito, assim também a oração é o que coloca o homem em comunhão com Deus. Se uma pessoa deseja ter intimidade com o Pai, isso só acontecerá por meio da oração. Pois a oração não é um monólogo, não são frases decoradas, mas um diálogo aberto, no qual algo fantástico e, ao mesmo tempo, simples acontece: nós conversamos com Deus e ele conosco. Na oração temos o privilégio de ouvir a doce voz de Deus, de ouvir suas respostas aos nossos anseios.

A oração é uma arma tão poderosa que, quando a fazemos, permitimos a intervenção de Deus em qualquer problema que passamos. Porém, quando não o buscamos em oração, satisfazendo somente a nossa vontade, as conseqüências são terríveis. A ausência de oração é o mesmo que dizer para Deus que não precisamos dele, que não necessitamos de ter comunhão com ele, que somos auto-suficientes para resolvermos nossas dificuldades.

A falta de oração nos afasta de Deus. Por isso, muitos se queixam de que estão frios espiritualmente, de que estão sem forças para falar com Deus, pois deixaram de clamar, de orar. A oração é a energia, é a força do cristão. A “frieza espiritual” só cai por terra e a glória de Deus se manifesta em nossa vida quando oramos. Quer ser cheio do Espírito Santo? Quer que o fogo de Deus arda em seu coração? Então, ore.

O cristão que mantém uma vida contínua de oração, estreita sua comunhão com o Senhor e se torna cheio do poder de Deus. E, então, imbuído da autoridade que Jesus concede aos seus (Lucas 10.19), ele fará as mesmas obras de Jesus, e ainda maiores, conforme está escrito: “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai.” (Jo 14.12). Uma vida diária de intimidade com Deus o torna capaz de tocar em um enfermo e, na autoridade do nome de Jesus, curá-lo. Aleluia! Você dúvida? Faça da oração um estilo de vida (Efésios 6.18). Seja um cristão segundo o coração de Deus e veja o que ele fará em sua vida e por intermédio dela – “[...] recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.” (Atos 1.8).

Quer aprender sobre a oração? Medite na Palavra de Deus, pois a Palavra é verdade (Jo 17.17); é lâmpada para os nossos pés e luz para o nosso caminho (Sl 119.105); e dá sabedoria ao símplices (Sl 119.130). Não seja aquele que somente ouve, mas que também pratica a Palavra do Senhor. Aprenda uma coisa: uma vida diária de oração agregada à leitura da Palavra de Deus, é um poderoso aliado do cristão nas horas da tribulação. Não importa o quão dolorosa está sendo a caminhada, quando oramos e tomamos posse da Palavra, Deus é fiel para nos levantar e nos tirar do mais profundo abismo.
É momento de você deixar de ser um mero expectador, de ficar somente observando o que Deus faz na vida dos outros. Queira também ser tocado por Deus. Se você deseja ser um guerreiro, um valente, ore. Se você perdeu a direção, busque ser guiado por meio da oração.

Veja o que está escrito na primeira carta de Paulo aos Tessalonicenses, 5.17: “Orai sem cessar.”
 São apenas três palavras, mas que mostram o caminho do sucesso para a vida do cristão. “Orai sem cessar” é mais que uma ordenança, é a chave que abre as possibilidades em Deus. Um segredo que, quando descoberto, pode mudar as circunstâncias e remover as montanhas da nossa vida. Que tal experimentar isso? Comece a orar agora mesmo.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Eles disseram: “cuspa na cruz ou morra”

A planície de Nínive, uma área que abrigava muitos cristãos, está devastada. Há mais de dois anos que milhares de pessoas tiveram que deixar o local por conta da invasão do Estado Islâmico (EI). Existem muitas histórias sobre os constrangimentos e humilhações que os seguidores de Cristo tiveram que enfrentar sob as regras do grupo extremista islâmico.
Nem todos os cristãos tiveram a oportunidade de fugir quando o EI capturou suas cidades, em 2014. O idoso iraquiano Zarefa, por exemplo, teve que ficar para trás. Ele foi preso e forçado a se converter ao islã. O medo ainda reflete de seus olhos, mas ele já consegue compartilhar sobre suas dolorosas experiências.
"Eles disseram: ‘cuspa na cruz ou morra’. Eu tentei explicar que isso era pecado, mas eles retrucaram. ‘Você não vê que eu tenho uma arma?’. Então eu percebi minha fraqueza e pedi perdão ao Senhor, clamando que ele se vingasse por mim." A vergonha ainda é visível na face de Zarefa quando ele se lembra da cena, mas agora ele é um homem livre, tentando se recuperar dos traumas causados durante esses dois anos que viveu nas mãos dos militantes islâmicos. "Eu nunca me converti ao islã de coração, Deus sabe disso", conclui o cristão.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Interceda pelos cristãos novos convertidos do Islã.


Os muçulmanos que se converteram ao cristianismo, entretanto, enfrentam um perigo ainda maior do que os próprios cristãos tradicionais. A apostasia, ou a renúncia ao Islã, é castigada com a morte de acordo com a lei islâmica – e a pena de morte ainda se aplica no Irã, Iêmen, Afeganistão, Somália, Mauritânia, Paquistão, Qatar e Arábia Saudita.
Até no Egito, um país secular, os convertidos atraem a cólera do governo. O ministro da religião defendeu a legalidade da pena de morte para os convertidos – embora o Egito não tenha uma lei como esta – com o argumento de que a renúncia ao Islã é alta traição. Esses sentimentos fizeram com que Mohammed Hegazy, 27, convertido para a Igreja Cóptica Ortodoxa, passasse a se esconder há dois anos. Ele foi o primeiro convertido no Egito a tentar fazer com que sua religião nova aparecesse oficialmente em sua carteira de identidade expedida pelo governo. Quando seu pedido foi recusado, ele tornou o caso público. Inúmeros clérigos pediram a sua morte em resposta.
Não é permitido construir novas igrejas, e as antigas estão caindo aos pedaços por causa da falta de dinheiro e de permissão para reforma. Quando as meninas são sequestradas e convertidas à força, a polícia não intervém. Milhares de porcos também foram mortos sob o pretexto de combater a gripe suína. Naturalmente, todos os porcos pertenciam a cristãos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...