sexta-feira, 6 de julho de 2012

John Knox

Fiquei muito tocado com a experiência desse irmão que se chama John Knox ele era poderoso na oração. A rainha Mary , da Inglaterra, disse certa vez: “Não tenho medo do exército de toda Escócia; só temo a oração de John Knox”. Como John knox orava? Ele dizia: “Ó Deus, dá-me a Escócia ou eu morro!” Por que ele orava dessa forma? Porque o amor pelas almas dentro dele era muito grande. Era além da sua capacidade; por isso, ele a derramava diante de Deus. O Amor dentro de John Knox o levava a fazer tal oração.


Você pode não compreender por que Moisés, em sua época, orou desta forma: “Agora, pois perdoa o seu pecado, senão, risca-me, peço-Te , do Teu livro que tens escrito” (Êx 32:32). A razão era que Moisés estava consciente de uma necessidade e estava tão desejoso por essa necessidade que preferia perecer se Deus não salvasse os filhos de Israel. Por isso Deus o ouviu. O coração de Paulo era o mesmo: “Eu mesmo poderia desejar ser separado de Cristo, por amor de meus irmãos, que são meus parentes segundo a carne” (Rm 9:3) ele preferia não ser salvo se os filhos de Israel não fossem salvos também. Tal palavra não é mera adoração da boca para fora tampouco uma mera explosão emocional. Ela advém de um profundo sentimento causado pela do Amor. Alguém pode imitar as palavras da oração de outro, mas a oração será ineficaz e sem utilidade porque não há pressão. Quem irá orar dizendo que , se Deus não responder, ele não se levantará? Se alguém tem realmente esse sentimento e essa palavra dentro de si, sua oração será ouvida. Você também pode orar com essas palavras, mas o essencial é você sentir pressão dentro de você.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...